O envelhecer e a visão

Confira dicas para envelhecer com qualidade de vida no quesito VISÃO

O aumento da expectativa de vida da população requer envelhecer com qualidade e um dos grandes desafios é a VISÃO.

A qualidade de vida do idoso está diretamente relacionada com sua VISÃO, pois sem saúde ocular, perde a independência, a mobilidade, a comunicação, abre portas para a depressão e para a rejeição familiar e social.

- Nas visitas rotineiras ao oftalmologista, é indispensável que as pessoas com mais de 50 anos tirem a pressão ocular e façam exame de retina para diagnosticar possíveis doenças da mácula (que causam alteração no centro da visão) e glaucoma (quando se perde campo visual ou visão periférica pela morte das células do nervo óptico), que são irreversíveis. Os tratamentos oferecidos são diversos desde um simples colírio a injeções e cirurgias.

- A catarata é uma doença reversível. Mas o único tratamento é a cirurgia, já que não existem colírios nem tratamentos cientificamente comprovados. A cirurgia de catarata atualmente é muito eficaz, rápida e segura, podendo ser realizada mesmo em idade bem avançada. Nunca é tarde para recuperar a VISÃO perdida pela catarata.

- Quem tem acima de 65 anos pode fazer um autoexame simples em casa. Feche um dos olhos e avalie a visão de perto, depois compare com o outro olho. Se vir manchas ou letras deformadas (metamorfopsia) ou linhas ( por exemplo, do portão de sua casa) distorcidas, poderá ser  é o primeiro sinal de Degeneração Macular (DMRI) e necessita de tratamento imediato.

- Portadores de doenças da mácula devem evitar fumo e incluir vegetais ricos em luteína (milho, repolho, espinafre) na alimentação. Pesquisas mostram esse antioxidante natural ajuda a prevenir o problema.

- 10% dos pacientes diabéticos podem desenvolver a retinopatia diabética, que leva à cegueira se não for tratada. Quanto maior o tempo da doença, maior a chance de desenvolver alterações visuais. Cabe ao oftalmologista detectar os problemas e tratá-los antes que o paciente fique cego. O tratamento pode ser com laser, aplicação de medicamentos específicos dentro do olho ou cirurgia, dependendo do caso.

 

Texto: Dr. Denise Alvarenga - Visão Institutos Oftalmológicos

Contato Imprensa Mapa do Site Acessibilidade
João Luiz Pacini Costa - Oftalmologista - Diretor Técnico Médico - CRM 3862-DF
Plone® powered | design Tânia Andrea