Metade do planeta sofrerá de algum grau de miopia até 2050

Lá pelo ano 2050, metade do planeta vai sofrer de vista curta – ou, como os oftalmologistas preferem, de algum grau de miopia. Um quinto dessas pessoas terá risco maior de sofrer de cegueira total e permanente de acordo com estudo do Instituto da Visão Brien Holden publicado na revista Ophthalmology.

No relato, autores observam que a onda de pessoas que se esforçam para enxergar longe aumentará cinco vezes a incidência de miopia em comparação aos anos 2000 e se tornará um grande problema de saúde pública.

O aumento estrondoso dos míopes não é novidade. Metade dos adultos dos Estados Unidos e da Europa sofre de algum grau de miopia (o dobro em 50 anos); na China,96% dos jovens do sexo masculino de 19 anos têm miopia (aumento de 10 a 20% em 60 anos). Ano passado, pesquisadores calcularam que um terço da população do planeta será míope até o fim da década.

A rotina da maioria das pessoas, não é muito boa para a saúde ocular. Há, pelo mundo, muitas pessoas que passam horas de olhos grudados nas telas e tantas outras que não ficam tempo suficiente ao ar livre. Esses dois fatores, afirmam os cientistas, são os principais no aumento da incidência de míopes. "Considera-se amplamente que o aumento projetado para a miopia e a alta miopia ocorra por meio de fatores ambientais (externos), principalmente mudanças no estilo de vida como resultado de uma combinação da diminuição de tempo passado ao ar livre e aumento de atividades semelhantes ao trabalho, dentre outros fatores", relatam os autores dos estudo.

Fonte: http://motherboard.vice.com/

Contato Imprensa Mapa do Site Acessibilidade
João Luiz Pacini Costa - Oftalmologista - Diretor Técnico Médico - CRM 3862-DF
Plone® powered | design Tânia Andrea